novembro 2015

Você está navegando os arquivos do site de novembro 2015.

menos de 1 minuto Introdução  O livro que se convencionou chamar de Evangelho de Tomé, desde há quase dois mil anos estava sumido. Qual o motivo disto? Vamos explica, mais adiante. Um exemplar desse livro foi descoberto em 1945, nos arredores da cidade de Nag Hammadi, no Alto Egito, e foi catalogado como o mais importante dos textos, da assim chamada Biblioteca de Nag Hammadi.[1] Estudiosos têm proposto como datação desse livro, datas tão cedo como 40 ou tão tarde como 140, dependendo de Continue

menos de 1 minuto As trevas exteriores em “A parábola dos talentos” (Art. 21, 5.4., p. 122-128) www.tribodossantos.com.br Livro O Templo – Resgate do sentido original da doutrina de Jesus: http://tribodossantos.com.br/pdf/O%20Templo%20-20introdu%C3%A7%C3%A3o.pdf A parábola dos talentos é muito esclarecedora. Nela, o Mestre mostra algumas características importantes, pertinentes: tanto ao tipo de conduta do indivíduo que se encaixa no “regozijo de Deus” (e consequentemente na Luz Jesus enviado Pelo Pai); como também ao tipo de conduta do indivíduo que se encaixa nas “trevas exteriores”. Na parábola em Continue

menos de 1 minuto O verdadeiro sendeiro luminoso. Confronto entre Schutz e Kosik (contribuição ao resgate do pensamento de Jesus). (Art. 22, 5.5., p. 128-137). Livro O TEMPLO – Resgate do sentido original da doutrina de Jesus: http://tribodossantos.com.br/pdf/O%20Templo%20-20introdu%C3%A7%C3%A3o.pdf   Alguns aspectos dos conhecimentos produzidos por determinados pensadores contemporâneos, a exemplo de Schutz e Kosik, podem nos ajudar, no sentido de resgatarmos, atualizarmos a terminologia e dilatarmos certos pontos pertinentes ao pensamento do Jesus Histórico. Pensamento este relativo às noções atinentes ao indivíduo, aos campos Continue

menos de 1 minuto O templo-indivíduo versus templo-edifício: o “corpo todo” é o templo de Deus (Art. Y, 2.2.; p. 50-54). Livro O Templo – Resgate do sentido original da doutrina de Jesus http://tribodossantos.com.br/pdf/O%20Templo%20-20introdu%C3%A7%C3%A3o.pdf   O Mestre concebe o “corpo” do indivíduo não somente como o único e exclusivo templo, que o Espírito Santo do Deus Pai pode habitar. Ele o concebe, também, como a base da igreja que estava fundando. Isto em distinção e oposição aos ideólogos hegemônicos judeus (sacerdotes e teólogos fariseus e Continue

menos de 1 minuto O Caminho ou “método analítico” ensinado por Jesus – O “corpo todo” (indivíduo como totalidade) e suas partes – o caminho ou método analítico: corpo subjetivo – corpo objetivo (Mt 5, 27-30). (Art. 15, 4.2.;4.2.1., p. 8o-88) Livro O Templo – Resgate do sentido original da doutrina de Jesus: http://tribodossantos.com.br/pdf/O%20Templo%20-20introdu%C3%A7%C3%A3o.pdf Vejamos, primeiramente, em Mt 5, 27-30, o Mestre ensinando a aplicação do caminho ou método analítico, na abordagem do indivíduo concebido como totalidade ou “o corpo todo”. Ou seja, a Continue

menos de 1 minuto “Todo o teu corpo”: totalidade que engloba o sujeito e o objeto: Mt 6, 22-23 (Art. 19, 4.3.3.;4.3.4.;4.3.5.; p. 102-113) www.tribodossantos.com.br Livro O Templo– Resgate do sentido original da doutrina de Jesus: http://tribodossantos.com.br/pdf/O%20Templo%20-20introdu%C3%A7%C3%A3o.pdf Nesta segunda sentença, o Filho do Homem tem como pressuposto as proposições acima indicadas. Assim, ele explica, mais detalhadamente, alguns aspectos das conexões entre, de um lado, o campo “céu” (subjetivo e motivador), e de outro, o campo “terra” (objetivo e motivado por àquele). Enfim, o Mestre Continue

menos de 1 minuto A sobrevivência do corpo subjetivo – A ideologia corpo versus alma de Paulo o Anticristo até hoje Livro O Templo: http://tribodossantos.com.br/pdf/O%20Templo%20-20introdu%C3%A7%C3%A3o.pdf A “definição da situação” e a “profecia que se cumpre por si mesma” (Merton) (Art. 29, 6.7.;6.7.1., p.166-170). Enquanto o indivíduo enganado permanecer “acreditando” (fé) no “falso profeta”, isto é, no sujeito que inventou uma definição falseada acerca da situação real. E, enquanto àquele permanecer acreditando, também, nesta definição falsa, sua conduta real tanto subjetiva como objetiva estará como que Continue

36 minutos Com o objetivo de resgatar o sentido original da doutrina do Jesus Histórico, então, vamos resgatar, no presente artigo, o sentido original das noções inscritas na ação simbólica da partilha do pão e do vinho, que na Ceia Pascal foram expostas. E, confrontar essas noções com a diabólica noção de eucaristia ensinada e praticada por teólogos e sacerdotes católicos. Desse modo, esperamos contribuir para que a genuína noção de glória e a de glorificação ou sacrifício perpétuo possam ser, hoje, entendidas e Continue

menos de 1 minuto     No artigo anterior, focalizamos a ação simbólica da partilha e a assimilação do pão e do vinho, na Ceia Pascal, que Mateus relatou. Assim, tratamos dos quatro primeiro pontos que aparecem nas ações simbólicas dirigidas pelo Jesus Histórico na referida ceia: 1. É Nova em relação à Antiga Aliança; 2. Pacto da Unidade; 3. Pacto de sangue ou de morte; 4. Pacto de “vida” .[1] No presente artigo, estamos tratando da ação simbólica do lava-pés, e respectivo pacto da Continue

menos de 1 minuto Os internautoides profissionais e os blogueitoides (e os respectivos factoides) são controlados por grupos de interesses escusos, nacionais e alienígenas. Assim, eles replicam na internet a ditadura midiática modelo globo de vandalismo cultural. Esta estratégia internauta de controle da opinião publica têm sido muito eficaz, nas redes sociais. Os internautoides profissionais e os blogueitoides  produzem o estado de “morte” (alienação), através de “pronta, movimentada e repetida hiper-dose” de informações alienantes, que são introjetadas, assim que o internauta acessa a internet, Continue